Início Artigos de aquário de água salgada COMO MODIFICAR O PH EM UM TANQUE DE ÁGUA SALGADA

COMO MODIFICAR O PH EM UM TANQUE DE ÁGUA SALGADA

0
COMO MODIFICAR O PH EM UM TANQUE DE ÁGUA SALGADA

O nível de pH em seu tanque de água salgada é extremamente importante para a saúde e vitalidade de seu tanque. Se o pH cair muito baixo ou picos muito altos, seus peixes podem ficar estressados ​​e adoecer – eles podem até morrer como resultado. Independentemente de você ser um novato ou um aquarista experiente, provavelmente já ouviu falar sobre o importância do pH em um aquário de água salgada. Manter um nível de pH estável é essencial para manter seus peixes saudáveis ​​e é algo que você deve observar através de testes de água de rotina. No caso de o pH do seu aquário mudar, você deve ter um conhecimento básico de como modificar o pH do aquário de água salgada para poder remediar a situação antes que os peixes possam ser afetados negativamente pela mudança.

O que é PH?

O pH do aquário é simplesmente uma medida de quão ácida ou alcalina é a água em seu tanque. O pH é normalmente medido em uma escala de 0 a 14, com 7,0 sendo um pH neutro. Todos os níveis de pH abaixo do neutro são descritos como ácidos, enquanto os níveis acima de 7,0 são alcalinos. Um aquário de água salgada geralmente deve ser mantido em um pH entre 7,6 e 8,4, mas o pH específico recomendado para o seu aquário pode depender das espécies que você tem no aquário. Se você estiver mantendo um tanque de recife, o nível de pH recomendado pode ser mais alto – entre 8,0 e 8,4. A faixa de pH ideal para o seu tanque dependerá das espécies de peixes, corais e invertebrados que você tem no tanque, então você deve realizar algumas pesquisas básicas sobre os habitantes do seu tanque para determinar o melhor pH para o seu tanque em particular.

Leia também  COMO CURAR SUA ROCK AO VIVO ANTES DE COLOCÁ-LO NO SEU AQUÁRIO

Causas para mudanças em PH

Com o tempo, seu aquário de água salgada tenderá a um pH mais baixo à medida que ácidos são adicionados ao aquário. Esses ácidos podem resultar da produção excessiva de dióxido de carbono resultante da respiração ou pode ser devido à falta de troca gasosa suficiente dentro do tanque. Outras causas para baixo pH podem incluir acúmulo de ácido nítrico por filtração biológica e a produção de ácidos orgânicos a partir de produtos residuais metabólicos. A água do mar natural contém uma variedade de produtos químicos, como bicarbonato, cálcio, borato e hidróxido, que atuam como “tampões” para proteger contra mudanças no pH. No aquário de água salgada, esses produtos químicos devem ser mantidos para que o tanque tenha um pH estável. Com o tempo, esses amortecedores podem se desgastar, o que pode contribuir para mudanças no pH do aquário.

Modificando o pH do aquário

O melhor método para garantir a estabilidade do pH é realizar trocas de água de rotina – essas trocas de água irão refrescar os buffers naturais da água do seu aquário e também ajudarão a restaurar o conteúdo de minerais residuais. A remoção de resíduos acumulados e alimentos de peixes não consumidos também ajudará a manter estável o pH em seu tanque. No caso de o pH do seu aquário cair repentinamente, existem várias maneiras de remediar a situação. Adicionar bicarbonato de sódio (bicarbonato de sódio) ao tanque a uma taxa de uma colher de chá por vinte galões é uma maneira simples de aumentar o pH do aquário, mas é melhor fazer lentamente para que os tampões em seu tanque tenham tempo de se ajustar ao novo pH.
Se o pH do seu tanque ficar muito alto, você pode tentar adicionar vinagre ou dióxido de carbono ao tanque. Adicionar um mL de vinagre branco destilado por galão de água do tanque ajudará a reduzir o pH do tanque em cerca de 0,3 unidades. Outra opção é adicionar dióxido de carbono diretamente ao tanque usando água mineral engarrafada. Adicionar seis mL de água com gás por galão de água do tanque também pode reduzir o pH em cerca de 0,3 unidades. Você também pode encontrar ajudas comerciais para aumentar ou diminuir o pH do aquário, mas deve ter cuidado ao usar esses produtos, porque você nunca sabe como a adição de produtos químicos afetará o seu aquário.

Leia também  Selecionando e Cuidando de Angelfish de água salgada

Amônia e pH

Você provavelmente já conhece os perigos associados aos altos níveis de amônia no aquário, mas você sabia que existe uma relação entre os níveis de amônia e o ph? Se você está cético sobre a importância de manter um pH estável em seu aquário, reserve um tempo para ler sobre como a amônia se torna ainda mais tóxica no aquário em níveis de pH mais altos. Mesmo a menor quantidade de amônia (tão pouco quanto 0,6 ppm) pode ser fatal para os peixes, mas a toxicidade da amônia se torna ainda mais perigosa quando os níveis de pH excedem 6,5. Consulte a tabela abaixo:

Temperatura pH 6,5 pH 7,0 pH 7,5 pH 8,0 pH 8,5
68 ° F / 20 ° C 0,13 0,40 1,24 4,82 11,2
77 ° F / 25 ° C 0,18 0,57 1,77 5,38 15,3
82 ° F / 28 ° C 0,22 0,70 2,17 6,56 18,2
86 ° F / 30 ° C 0,26 0,80 2,48 7,46 20,3

Como você pode ver no gráfico acima, a amônia se torna mais concentrada e tóxica em níveis de pH mais altos – o aumento da temperatura também afetará a toxicidade da amônia na água do tanque. Para o bem dos seus peixes, mantenha o nível de pH do seu aquário o mais estável possível para evitar o envenenamento por amônia.

Dicas Adicionais

Para garantir que seu tanque de água salgada esteja funcionando corretamente, é aconselhável realizar testes de água semanalmente. Testar a água do seu aquário é simplificado com o uso de um kit de teste da água do aquário – esses kits normalmente custam menos de US $ 20 para comprar e você pode encontrá-los online ou em sua loja de animais local. Ao testar a água do tanque, verifique o pH e os níveis de química e registre os resultados em um diário. Ao manter um diário dos resultados do seu teste, você será capaz de determinar os níveis de química “normais” do seu tanque para que seja mais provável que perceba se a química da água do seu tanque começar a mudar. Como as mudanças na química da água podem ser extremamente perigosas para os peixes, é importante saber como é a química normal da água.

Leia também  Mantendo o Lionfish no aquário da casa

Conclusão

A chave para manter seus peixes de aquário de água salgada felizes e saudáveis ​​é manter um ambiente de aquário saudável. O nível de pH e outros aspectos da química da água em seu aquário são alguns dos fatores mais importantes na manutenção de um ambiente de aquário saudável, por isso é essencial que você entenda os fundamentos do pH e como modificá-lo. No caso de o pH em seu tanque mudar repentinamente, você poderá tomar medidas para remediar a situação antes que ela tenha um impacto negativo em seus peixes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui