Início Artigos gerais de aquário Dicas aquascaping para reduzir a agressão nos peixes

Dicas aquascaping para reduzir a agressão nos peixes

0
Dicas aquascaping para reduzir a agressão nos peixes

Mantendo a paz em um tanque cheio de peixes agressivos pode ser complicado, mas aqueceping pode ajudar a difundir a tensão. Quando se trata de estocar seu aquário, você tem uma ampla seleção de peixes diferentes para escolher. Antes de sair e comprar qualquer peixe, no entanto, você deve ter tempo para aprender o básico sobre a compatibilidade de peixes tropicais. Além de ser dividido por seu habitat nativo e seus hábitos de alimentação, os peixes tropicais também podem ser classificados pelo nível de agressão. Peixes comunitários são geralmente espécies pacíficas e dóceis que se dão bem em grandes grupos com outros peixes. Peixes semi-agressivos podem às vezes ser mantidos em tanques comunitários ou com outras espécies semi-agressivas, desde que o tanque seja grande o suficiente e há apenas um macho por espécie. Peixes agressivos são uma questão totalmente separada – muitos deles precisam ser mantidos em tanques de espécies únicas ou não podem ser mantidos com outros peixes. Se você tem seu coração definido em cultivar um tanque de peixe agressivo, pense cuidadosamente sobre como você está indo para estocar e organizar seu tanque para minimizar os problemas. Você pode se surpreender ao ver o quão grande é uma diferença tão simples quanto decorar seu tanque, pensativamente, pode fazer quando manter peixes agressivos. Identificando os sinais de agressão nos peixes Além de aprender a identificar os sinais de agressão no aquário, você também deve saber o que os gatilhos causam peixes de aquário agir de forma agressiva. As causas mais comuns de lutas entre os peixes de aquário são alimentos, companheiros e território. O território é o maior problema quando se trata de agressão dos peixes de aquário, especialmente se você estende seu tanque com peixe muito grande. Na maioria dos casos, os peixes agressivos do aquário estabelecerão seu território em torno de algum tipo de esconderijo como uma caverna de rocha ou um pedaço de madeira derivada – eles guardam seu território ferozmente e punem qualquer peixe que chega muito perto. Além de batalhas de território, a agressão de peixes de aquário também é freqüentemente causada por uma luta por recursos – isso inclui alimentos e companheiros. Fêmeas não tendem a ser tão agressivas sobre lutar por companheiros (que é o trabalho do homem), mas eles podem se tornar extremamente protetores e territoriais quando se trata de guardar seus ovos ou fritar. Os peixes masculinos às vezes lutarão até a morte sobre uma mulher, especialmente se houver mais de um homem da mesma espécie no tanque e não fêmeas suficientes para ir ao redor. Peixes masculinos também às vezes peixes homens de outras espécies, especialmente se eles têm coloração ou padrões semelhantes. Técnicas de Paisagismo para minimizar a agressão Além de pensar em que tipo de rockwork e lixeira você quer usar em seu tanque, você também precisa pensar cuidadosamente se você vai usar plantas de vida ou não. Plantas vivas podem dar ao seu tanque uma aparência natural agradável e eles podem ajudar a oxigenar a água do tanque, mas nem sempre são a melhor escolha para um grande tanque que habita espécies agressivas. Peixe grande pode facilmente arrancar plantas de aquário, danificando as raízes, ou eles podem comê-los. De qualquer forma, você precisa pensar cuidadosamente antes de adicionar plantas ao vivo ao seu tanque. Sua melhor aposta pode ser comprar plantas sintéticas de alta qualidade que parecem reais, mas vão se levantar para algum manuseio áspero. Ao organizar os elementos de design em seu tanque, você precisa estar consciente de criar territórios separados, além de fornecer esconderijos extras para os outros peixes em seu tanque. Potenciômetros de argila, cavernas rockwork, pedaços de lenha e outras decorações podem ser organizadas de maneiras de criar esconderijo. Se você está tentando construir territórios específicos, seu tanque, certifique-se de incluir um esconderijo (como uma caverna ou panela de barro) com algumas rochas menores espalhadas e algumas plantas sintéticas para fornecer cobertura. Certifique-se de incluir pelo menos um território por macho em seu tanque – as fêmeas geralmente nadarão livremente entre os territórios como eles gostam. Se você achar que o arranjo de territórios em seu tanque não está funcionando, você sempre pode reorganizá-los para melhores resultados. Outras dicas para manter peixe agressivo Manter a paz e a harmonia em um tanque cheio de peixe agressivo não é de forma alguma uma tarefa fácil. Levará algum tempo e muito tentativa e erro para encontrar um arranjo aquascaping que funcione para todo o seu peixe. Apenas certifique-se de manter um relógio próximo nas coisas enquanto seu peixe está se aclimatando ao tanque e não tenha medo de reorganizar as coisas um pouco se você pensa em uma solução que funcione melhor. E não se esqueça de manter seu tanque limpo e sua qualidade da água alta – essas coisas ajudarão a reduzir o estresse e a tensão em seu tanque, o que também ajudará a reduzir a agressão.

Leia também  Limpeza de primavera: Como limpar e dar a sua antiga vida nova

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui