Início Artigos de aquário de água salgada MITOS E PROBLEMAS COMUNS EM RELAÇÃO A NANO REEF TANKS

MITOS E PROBLEMAS COMUNS EM RELAÇÃO A NANO REEF TANKS

0
MITOS E PROBLEMAS COMUNS EM RELAÇÃO A NANO REEF TANKS

Cultivar um tanque de nano recifes pode ser um desafio emocionante. Para melhorar suas chances de sucesso, reserve um tempo para aprender sobre alguns mitos e problemas comuns em relação a esses tanques. Os nano recifes estão crescendo em popularidade entre os aquaristas de água salgada, mas, infelizmente, muitos aquaristas embarcam nesse desafio sem a devida conhecimento ou preparação. Um ambiente de recife de água salgada é muito delicado e os aquários de nano recifes são ainda mais – é necessário cultivar as condições ideais para que os habitantes do seu tanque prosperem. Se você espera iniciar um tanque de nano recifes, reserve um tempo para se familiarizar com alguns dos mitos e problemas mais comuns associados para que você esteja totalmente preparado quando iniciar sua jornada.

O que é um Nano Reef Tank?

Um tanque de nano recife é simplesmente um pequeno ambiente de recife, normalmente de 30 galões ou menos. Os tanques de nano recifes são ideais para amadores que não têm muito espaço para dedicar a um grande tanque de água salgada e também são um desafio interessante para amadores experientes de água salgada. Existem duas opções quando se trata de iniciar um nano recife – você pode comprar um kit ou comprar todos os suprimentos individuais para iniciar o tanque você mesmo. Dependendo do seu nível de experiência com tanques de água salgada, comprar um kit nano reef pode ser a opção mais inteligente.

Mito: tanques pequenos são mais fáceis de manter

Um dos mitos mais comuns em relação aos tanques de nano recifes é que, por serem pequenos, são mais fáceis de manter do que os grandes tanques de água salgada. Este mito abunda em todas as áreas do aquarismo e é um mito muito perigoso de se cair. Para manter um aquário saudável, você deve manter a química da água estável – em tanques pequenos, mesmo a menor mudança na química da água pode ter efeitos devastadores. Por exemplo, a superalimentação pode resultar em um acúmulo de resíduos orgânicos no fundo do tanque, o que pode resultar em níveis aumentados de amônia. Em um tanque grande, há um volume de água maior, o que ajudará a diluir as toxinas, enquanto em um tanque menor, as toxinas estarão mais concentradas e, portanto, mais tóxicas para os peixes.

Leia também  DICAS PARA ALIMENTAR PEIXES DE AQUÁRIO DE ÁGUA SALGADA

Mito: Os problemas podem desaparecer sozinhos

Embora certos problemas com a química da água possam se resolver sozinhos em grandes tanques, isso não é necessariamente verdade com tanques de nano recifes. Algo tão pequeno quanto uma leitura de teste anormal ou um mau funcionamento com o filtro do aquário pode rapidamente se tornar um problema em um tanque nano. Porque o ambiente é tão contido e porque o volume de água é tão pequeno, mesmo os menores problemas podem causar grandes problemas. Se você espera manter um tanque nano próspero, é importante observar seu tanque de perto e monitorar seus parâmetros de água pelo menos uma vez por semana para que você possa detectar problemas à medida que eles surgem e responder rapidamente para remediá-los.

Problema: Escolhendo os habitantes errados do tanque

A coisa mais importante a lembrar ao cultivar um tanque de nano recife é que você não pode simplesmente tratá-lo como um tanque de água salgada em miniatura. Um recife nano é um ambiente muito único e você deve escolher os habitantes do tanque de acordo. Você não apenas precisa selecionar espécies de peixes que não ultrapassem a capacidade do seu tanque, mas também precisa selecionar espécies de coral de crescimento lento para que não tomem conta do tanque. Escolha espécies de peixes que não cresçam mais do que 2 ou 3 polegadas e tenha muito cuidado com o excesso de estoque do tanque. Lembre-se de que o menor volume de água em um tanque nano resulta em uma capacidade diminuída de diluir toxinas, de modo que o excesso de produção de resíduos por ter muitos peixes no tanque pode ter um impacto severo na qualidade da água.

Leia também  PREPARANDO ÁGUA SALGADA PARA SEU TANQUE MARINHO

Problema: Manutenção inadequada

Como acontece com qualquer aquário, a manutenção é a chave para manter o ambiente do tanque limpo e saudável. Ao contrário da crença popular, os tanques de nano recifes não são tão difíceis de manter se você os configurar corretamente. Como em qualquer tipo de aquário, você deve realizar trocas regulares de água e precisará ficar de olho nos parâmetros da água. Você precisará substituir a água evaporada diariamente, o que significa que você deve sempre ter um suprimento de água fresca de osmose reversa à mão que foi pré-misturada com sua mistura de sal preferida. Você também deve seguir um cronograma regular de alimentação e ficar de olho no equipamento do tanque para observar avarias. Para evitar problemas com a qualidade da água, faça um sifão do substrato do aquário ao realizar as trocas de água e remova os detritos acumulados do filtro mecânico uma vez por semana ou mais. Se você executar essas tarefas simples, não deverá ter problemas em manter um tanque de nano recife saudável.
Os tanques de nano recifes são um desafio único e emocionante para os aquaristas experientes. Há algo em cultivar um ambiente de recife em miniatura que não pode ser comparado a manter um tanque de água salgada tradicional. Talvez seja a delicadeza do ambiente ou a beleza do recife de coral em miniatura, mas, independentemente do motivo, ter um tanque de nano recifes é uma experiência maravilhosa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui